Herdade da Madeira Velha
uma janela para o alentejo
História

 O projecto vinícola da HMV ganhou forma no início de 2010, mas a origem situa-se em 2001. Foi nesse ano que Rui Pedro Pinheiro adquiriu a propriedade que dá hoje o nome à empresa e começou a desenvolver a actividade agro-pecuária através da Sagupi, que ainda hoje mantém. Esta empresa é uma referência na produção de vitelas de carne e de porco alentejano, que se destina a uma grande cadeia de distribuição alimentar e à indústria espanhola.

Entrar no sector agro-alimentar sempre foi um objectivo do projecto e para isso foi criada a HMV. A oportunidade surgiu em 2010, com a compra de três marcas de vinho já existentes e muito apreciadas nos mercados inglês e suíço: Canto X, Canto V e Zéfyro. Estas marcas eram propriedade de descendentes da família Reynolds, que vieram para Portugal, em 1820, para desenvolver o comércio da cortiça. Eram também proprietários do Paço de Camões, que esteve na posse da família durante seis gerações. O nome da herdade é uma referência ao poeta Luís de Camões que, reza a lenda, terá vivido no local, em 1548. Ao projecto da HMV juntaram-se também o enólogo Luís Bourbon e a gestora de qualidade Sofia Nogueiro. No total, os sócios detêm mais de 900 hectares de terra.

seara.com
Wines Portugal Wines in Moderation